EDUCAÇÃO

     Caríssimos leitores, irei relatar o que de verdade está acontecendo na educação no município de São Vicente pois estou participando ativamente dos movimentos que envolvem meus colegas professores da rede municipal de ensino.
     Desde janeiro deste ano, o Sr prefeito de São Vicente não paga em dia os professores. Sempre está pagando no dia 10 (e olhe que já chegou a pagar dia 16) do mês seguinte ao trabalhado. Os professores, não satisfeitos com tal situação, não iam iniciar o ano letivo. Diante de tal ameaça (pois ele só nos recebe para conversar dessa forma), chamou a categoria para conversar. Foi quando colocou-se tal situação e nossas reivindicações. O prefeito prontamente atendeu a implantação do piso que é Lei, NÃO FEZ MAIS QUE A OBRIGAÇÃO DELE. Mas continuou a pagar atrasado à categoria, que insatisfeita com tal situação, quer conversar com o prefeito para dar uma sugestão para a solução de tal impasse, mas até o presente momento, não foi dada nenhuma resposta nem convidou a categoria para ser ouvida. A categoria já se reuniu diversas vezes esse ano. Duas dessas reuniões realizou neste mês de abril e foi decidido que, caso o Sr. prefeito não nos convoque para o diálogo, iremos parar dia 25 deste mês para traçarmos os rumos que iremos tomar para que, pelo menos, sejamos ouvidos. A secretária de educação já ameaçou cortar o ponto dos professores que pararem dia 25, ou seja, eles estão querendo a todo custo que os professores percam até o direito de se reunir e discutir melhorias para a categoria bem como para a educação do município, que desde o ano de 2009, só vem perdendo alunos. Queremos o pagamento dos nossos salários em dia bem como melhorias para nossas escolas que estão sucateadas. Os espaços físicos das escolas do município não são dignos para que nossos alunos permaneçam na nossa rede de ensino, buscando outras instituições para estudar. Portanto, para esclarecimento de determinadas pessoas que saem colocando inverdades nos blogs, não é professor A ou B que quer aderir a uma possível greve, é a maioria dos professores. Mesmo porque não sabemos se irá acontecer pois estamos lutando para que não chegue a esse ponto. Queremos apenas que o Sr. prefeito nos receba e nos ouça pois temos boas sugestões para solucionar tal impasse.

WESCLEI BRUNO
Professor do Município de São Vicente